Modelo importado da Inglaterra em 1854
Malaposta

Em 1859, a ligação entre Lisboa e Porto através das carreiras da Malaposta fazia-se em 34 horas e passava por 23 estações de muda. Apesar do bom serviço que as diligências prestavam nessa altura, a sua extinção foi irreversível com o aparecimento do comboio, embora se mantivessem em actividade durante mais algum tempo, como atestam os «manuais do viajante» da época.

24 Março 2014

110 anos de carro eléctrico

Fez parte do "Porto capital europeia da cultura 2001" a recuperção do carro eléctrico nalgumas zonas da cidade. As linhas foram construidas, mas só isso. Os carris já estão ferrugentos. Dinheiro desperdiçado, como o costume!
O carro eléctrico pode eventualmente circular, na zona marginal do Douro, mas para passeios turísticos e por encomenda. Até se pode escolher o nº do carro - isto foi o que li no site do Museu do Carro Eléctrico.
Vem isto a propósito dum artigo que li num jornal chamado "metro" (nada tem a ver com o metropolitano), de distribuição gratuita, disponível numa bolsa pendurada num dos varões centrais dos subititutos dos carros eléctricos, os actuais autocarros dos STCP.
O jornal de 13.09.2005 insere uma foto do carro eléctrico nº 100 (um dos mais procurados para os tais passeios), com a seguinte legenda: O PORTO foi a primeira cidade ibérica a ter uma linha de carro eléctrico. Segue-se o artigo, assinado por Pedro Pacheco:
Carro eléctrico celebra 110 anos
Transporte foi uma referência do século XX, até ao início dos anos 60.
O Museu do Carro Eléctrico, da Sociedade de Transportes Colectivos do Porto (STCP), comemorou, ontem, os 110 anos de existência. A Linha da Restauração, inaugurada em 12 de Setembro de 1895, fez com que o Porto fosse a primeira cidade da Península Ibérica a possuir uma via para carros eléctricos.
O percurso inicial ia do Carmo a Massarelos, extendendo-se (1) mais tarde para a foz e Matosinhos. Daqui as linhas expandiram-se por toda a cidade e concelhos vizinhos, assumindo-se como o transporte urbano de referência no século XX, desde os finais da primeira década até aos inícios dos anos 60. Foi também neste século que o carro eléctrico do Porto conheceu o seu período aúreo, mas também o início do declínio.

O "22" foi um dos primeiros veículos a circular na cidade do Porto e, actualmente, encontra-se em exposição no Museu do Carro Eléctrico. O carro começou por ser de tracção animal (2), puxado por mulas (3), e foi motorizado em finais do século XIX.
O sistema eléctrico revolucionou os meios de transporte na cidade, possibilitando horários regulares e uma maior facilidade de circulação nas ruas de declive acentuado. O transporte utilizava uma energia limpa contribuindo assim para uma maior salubridade, visto que se acabou com os dejectos (4) dos animais espalhados pela cidade, além do maior conforto e rapidez.
---
(1) - é assim que está escrito, julgo que não se pode corrigir os textos dos jornalistas profissionais, se emendasse para "estendendo-se" podia ser acusado da "meter o nariz onde não sou chamado".
(2) - pois, vieram copiar ao Malaposta!
(3) - já naquela altura havia!
(4) - acho tratar-se de lapso porque toda a gente continua a deparar-se com os ditos cujos.
---
Este post insere exactamente o "100" do jornal. Já enchi uma pasta com mais modelos, serão mostrados noutra altura, até porque sobre carros eléctricos tenho algo a dizer dos meus tempos de juventude.

Etiquetas:

Home»»Hi!

6 Comments:

At 16 Novembro, 2006 18:04, Blogger Sofocleto said...

Fui durante vários anos para o liceu em eléctricos. Dei também uns malhos valentes a fugir do revisor...

 
At 19 Novembro, 2006 22:49, Blogger martelo said...

ainda me lembro de viajar nesses eléctricos até Pereiró...

 
At 23 Novembro, 2006 10:58, Blogger lobices said...

…as minhas saudações…
…ao fim de 3 anos de escritos, o meu blogue http://lobices.blogspot.com morreu;
…entendi que havia cumprido a sua “missão”…
…porém, ele deu lugar ao livro “Lobices”, uma compilação de tudo o que foi escrito ao longo destes meus últimos anos de vida…
…a vossa visita ao meu covil será sempre agradável e lá encontrarão o link para a aquisição do livro se esse gosto me quiserem dar…
…a minha (e)terna gratidão pelo vosso apoio e presença ao longo destes tempos…
…o vosso sempre amigo
quim

 
At 24 Novembro, 2006 00:00, Blogger MGomes said...

O meu carro eléctrico, apanhava-o ali junto aos Jerónimos e lá ia eu até Santo Amaro em Alcântara com destino certo até à Escola Francisco Arruda. Foi assim o percurso do meu primeiro ano no Ensino Secundário. Lembro-me ainda do bilhete operário que era mais barato que o normal. Das descidas em andamento. Dos penduras que fugiam ao cobrador. Enfim, belas recordações, aquelas do ano de 1966.
Um bom fim de semana_Um Abraço

 
At 20 Janeiro, 2010 10:47, Anonymous Anónimo said...

Good fill someone in on and this post helped me alot in my college assignement. Say thank you you on your information.

 
At 09 Outubro, 2013 16:39, Blogger a.castro said...

Obrigado por comentar no Meu Blog. Abraço e Bom Natall e boa saúde

 

Enviar um comentário

<< Home

since 05.12.2005

  • [_Top of Page_]
  • Malaposta

    Subscribe to: Posts (Atom)

    Referer.Org: Referer.Org.Feeds

       

    Counter since 05 June 2007

    Free counters!