Modelo importado da Inglaterra em 1854
Malaposta

Em 1859, a ligação entre Lisboa e Porto através das carreiras da Malaposta fazia-se em 34 horas e passava por 23 estações de muda. Apesar do bom serviço que as diligências prestavam nessa altura, a sua extinção foi irreversível com o aparecimento do comboio, embora se mantivessem em actividade durante mais algum tempo, como atestam os «manuais do viajante» da época.

04 julho 2007

Pessoas magras/gordas

Pessoas magras podem ser gordas por dentro.

Ugrupo de investigadores alertou recentemente que pessoas magras, com um peso dentro dos parâmetros normais, podem ser gordas por dentro devido à gordura que armazenam em redor dor orgãos vitais, tais como o coração, o pâncreas ou o fígado. "Ser magro não significa automaticamente que não se é gordo", indicou Jimmy Bell, professor de imagiologia molecular no Imperial College em Londres que, desde 1994, examinou juntamente com a sua equipa perto de 800 pessoas através de ressonâncias magnéticas de forma a descobrir onde armazenam a sua gordura.Magricela! De acordo com os dados recolhidos, as pessoas que mantêm o seu peso através de dieta em vez de exercício parecem ter maiores depósitos de gordura interna, mesmo que outrora tenham sido magros.
Esta gordura interna que circunda os órgãos vitais pode ser tão perigosa quanto a gordura externa que se aloja por baixo da pele, consideraram os investigadores. "Todo o conceito de ser magro necessita de ser redefinido", disse Bell considerando que, sem um claro sinal de alarme, as pessoas estão falsamente sossegadas ao pensarem que por não terem excesso de peso são saudáveis. "Só porque são magros, isso não os torna imunes à diabetes, nem a outros factores de risco para doenças cardíacas", indicou Louis Teichholz, chefe de cardiologia no Hackensack Hospital em Nova Jersey.
Obeso e muito!...Segundo a equipa de Bell, 45 por cento das mulheres examinadas que tinham indicadores normais de massa corporal têm na realidade níveis excessivos de gordura interna. Em relação aos homens, a percentagem de homens com excesso de gordura num corpo com indicadores normais ronda os 60 por cento. Bell indicou ainda que foram encontradas pessoas "magras por fora e gordas por dentro", de que são exemplo alguns modelos profissionais. De acordo com o investigador, pessoas que têm gordura armazenada internamente estão no limiar de serem obesas. São pessoas que comem alimentos muito gordurosos e açucarados e fazem pouco exercício, mas que não comem o sufuciente para serem obesas.
Os médicos teorizam também que a gordura interna desfaz os sistemas de comunicação corporais, pois ao alojar-se em redor dor órghãos internos, pode enviar ao corpo errados sinais químicos para armazenar a gordura em órgãos como o pâncreas ou o fígado. Em última análise, isto pode conduzir à resistência à insulina, diabetes ou doenças cardíacas. Porém e de acordo com Steven Blair, perito em obesidade, "pessoas com peso normal que são dedentárias apresentam um maior risco de mortalidade do que pessoas obesas que são activas". A boa notícia é que a gordura interna pode ser facilmente queimada através de exercício ou de uma dieta equilibrada.O autor deste blog em mergulho mortal!
Resumindo: Uma das coisas importantes que devem ser feitas para evitar problemas é o exercício físico. Sigam o meu exemplo. Há oito anos que ando na natação. Como podem ver na imagem ao lado, eu sou o primeiro a contar da esquerda (tendo a tombar para esse lado!!!...), em mergulho mortal (!!!...). Além disso, ando muito a pé! Seja nas ruas seja nos pinhais que tenham "picadas" (ficou-me o jeito do tempo em que estive em Angola!!!). Mas sugiro cuidado se andarem pelas "picadas" dos pinhais. Eu, por exemplo, ao encontrar inesperadamente uma vala tive que dar um salto quase partindo um pé!...
Sim, pois!... Também faço hidroginástica, nos dez minutos finais de cada sessão de natação!!!

Etiquetas:

Home»»Hi!

1 Comments:

At 05 julho, 2007 15:27, Blogger magnolia said...

Pois é, a.castro... o exercício físico é essencial. Mas e a disponibilidade para isso? A única coisa que faço é andar de bicicleta,e nem sempre tenho tempo. Mas agora com o calor horrível que já começamos a sentir por aqui, também não é muito agradável. Terei de esperar a aposentação lá para os 65 anos... e nessa altura parece-me que será tarde demais!
Beijos.

 

Enviar um comentário

<< Home

since 05.12.2005

  • [_Top of Page_]
  • Malaposta

    Subscribe to: Posts (Atom)

    Referer.Org: Referer.Org.Feeds Free counters!