Modelo importado da Inglaterra em 1854
Malaposta

Em 1859, a ligação entre Lisboa e Porto através das carreiras da Malaposta fazia-se em 34 horas e passava por 23 estações de muda. Apesar do bom serviço que as diligências prestavam nessa altura, a sua extinção foi irreversível com o aparecimento do comboio, embora se mantivessem em actividade durante mais algum tempo, como atestam os «manuais do viajante» da época.

01 maio 2006

Dia do Trabalhador

Viva o 1º de Maio!

1º de Maio em luta!


Após a larga participação de massas nas comemorações populares dos trinta e dois anos da Revolução de Abril, o 1.º de Maio será comemorado por todo o País, com manifestações, desfiles, concentrações e festas, em Lisboa, no Porto e em dezenas de outras localidades em todos os distritos.


Fonte: Avante!


Um dia com 120 anos de história mobiliza trabalhadores em todo o mundo por melhores condições

De acordo com a Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP), à semelhança dos anos anteriores as comemorações irão decorrer em todo o país. De acordo com Amável Alves, da central sindical, "prevê-se que participem milhares de pessoas em quase 70 iniciativas populares inseridas nos festejos de 42 localidades".
in JN

site da CGTP



Etiquetas:

Home»»Hi!

3 Comments:

At 01 maio, 2006 22:04, Blogger Sofocleto said...

O emprego está a acabar. Todos os números apontam nesse sentido. Estamos a mudar e paradigma. A tecnologia está a substituir-nos.

Mas se não são necessários trabalhadores, também não são necessários patrões, nem grandes accionistas, nem os chulos que que todos conhecemos.

 
At 02 maio, 2006 14:02, Blogger magnolia said...

a.castro,
Neste dia, se bem que é necessário comemorações, não deveria ser apenas um dia de festa, ou mais um feriado; porque deve e tem de ser um dia de recordações, de memórias... Um dia para olhar atrás, não com saudosismo, claro que não, mas como forma de render homenagem a todos aqueles que, em distintas latitudes, caíram, lutando por tornar mais digna a vida do Homem, e conquistar a autêntica liberdade… Hoje a luta continua, em conjunturas semelhantes, em todo o lado onde existe desigualdade e falta de trabalho. Um direito que a nossa Constituição consagra a todos os cidadãos, mas que apenas alguns podem alcançar. E a cada dia que passa, é urgente que se ergam vozes de revolta e de protesto, porque aqueles que “caíram” em tempos na sua luta, não podem jamais ter caído em vão.
Beijos
NOTA: Como sempre um post lindo!

 
At 05 maio, 2006 12:25, Blogger martelo said...

pena que não seja mais mobilizador...

 

Enviar um comentário

<< Home

since 05.12.2005

  • [_Top of Page_]
  • Malaposta

    Subscribe to: Posts (Atom)

    Referer.Org: Referer.Org.Feeds Free counters!